Saiba quando financiar um veículo é a melhor opção

Saiba quando financiar um veículo é a melhor opção

Uma das estratégias mais utilizadas por quem quer comprar um carro no Brasil é o financiamento. Mas você sabe quando financiar um veículo? 

Você pode estar pensando que a única reposta para esta pergunta é a falta de dinheiro para a aquisição a vista. Mas nem sempre essa é a realidade. 

Muitas pessoas optam pelo financiamento de veículos para preservar sua reserva financeira e evitar gastos supérfluos ao longo dos meses. Ou seja, o financiamento pode ser um ótimo instrumento de organização orçamentária. 

Como funciona o financiamento?

O financiamento de veículos é um modelo de compra baseado em empréstimo, realizado por bancos ou financeiras. 

Se você está interessado em comprar um carro, deverá oferecer um valor como entrada (o percentual varia de acordo com a operadora) enquanto a financeira arca com o resto. A sua dívida junto à instituição é parcelada em quantas vezes você precisar. 

Como remuneração da operação, o banco ou a financeira estabelece uma taxa de juros que é cobrada a cada pagamento mensal. Existem dois tipos de financiamento: 

  • CDC: neste modelo, a partir do momento em que a operação é autorizada, o carro fica em seu nome, alienado à operadora do financiamento. 
  • Leasing: a diferença em relação ao CDC é que neste caso o veículo fica em nome da operadora até que você conclua o pagamento de todas as parcelas. 

Quando devo financiar?

O financiamento de veículos é voltado para todo o tipo de perfil de cliente. Se você deseja comprar um carro mas não tem recursos suficientes para pagá-lo a vista, o financiamento é uma boa solução pois permite que você adquira o bem de uma forma menos onerosa. 

Por outro lado, se você possui uma boa reserva financeira mas não deseja abrir mão de todo o recurso, pode utilizar uma parte para dar entrada e financiar o restante, sem precisar prescindir da sua segurança financeira. 

Como posso me organizar para financiar meu carro?

Lembre-se sempre que as parcelas mensais passarão a fazer parte do seu orçamento durante todo o plano, por isso é preciso se organizar. Quanto maior a entrada que você puder oferecer, menores serão os valores a serem pagos por mês. 

Outro ponto importante refere-se, justamente, à entrada: reserve uma parte deste valor para arcar com os custos iniciais do veículo. São valores referentes a licenciamento, transferência e seguro, além de outras taxas que podem variar de acordo com o estado. 

Algumas financeiras podem sugerir que você inclua o primeiro seguro no valor total do financiamento, mas isso nem sempre é um bom negócio. Lembre-se que a apólice vale por um ano e se o seu plano de financiamento for mais longo, você logo pagará dois seguros ao mesmo tempo. 

Agora que você já sabe quando financiar um veículo e qual a melhor maneira de realizar a compra, que tal começar a procurar o seu carro novo? É mais conforto para você e sua família! Se tiver gostado deste post ou caso tenha alguma outra sugestão a respeito do tema, participe deixando um comentário ao final!

Deixe um comentário